[caminho]

– Cala-te, silêncio,
pq o espaço que ocupas aqui dentro
é por demais extenso.

(no meio do caminho sempre se perdem algumas farpas,
joelhos antecedem braços no toque do chão,
lágrimas respingam sem pudor em qualquer superfície)

_O que eu não quero sempre tem lugar reservado
entre um copo e outro de soluços_
_O que eu não quero sempre se faz acompanhar
de uma porção de sombras secas ao sol_

(Ela soube se calar)

 

\\escrito em 26.abr.09

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s