[encaixes]

encontro provisório nas casas que alugo para ser por horas.
portas fechadas não indicam nada, está sempre tudo aberto.

voltei a janela em direção ao sol, iluminar o que me adentra, meus poros internamente conservados como fatias de um grande lamento.

sonhos fazem sempre parte. doces ou não. sonhos me compõem e traduzem minhas canções basicamente inalteradas após tantas intervenções. cada dia altero uma palavra.

não sou feita de pedra. e qualquer matéria se encaixa aqui.
aprendi hoje um novo passo, para dois.
inequivocamente comecei sozinha. mas há sempre tempo prum concerto. ou conserto.
vou voltar nos pés que tenho, daqui pra diante e chegar ali, onde devo estar.

estou.

 

\\escrito em 26.mar.07)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s